Centro de Documentação da PJ
Analítico de Periódico

CD 294
ESTUDO DE METAIS E DE SUBSTÂNCIAS TÓXICAS EM BRINQUEDOS
Estudo de metais e de substâncias tóxicas em brinquedos [Documento electrónico] / Josiane Zini ..[et al.]
Química Nova, São Paulo, Vol. 32, nº 4 (2009), p. 833-838


TÓXICO, PRODUTO DEFEITUOSO, CRIANÇA, ANÁLISE LABORATORIAL, BRASIL

"Neste trabalho faz-se um alerta de que brinquedos de plásticos, provenientes de países asiáticos e utilizados normalmente por crianças, contêm quantidades de substâncias perigosas à saúde as quais, segundo trabalho prévio, se encontram acima do limite permitido pelo Inmetro. Além de metais como cádmio, chumbo, cromo, mercúrio, alumínio, cobre e tório, foram detectados altos teores de ftalatos, substâncias adicionadas ao plástico para fornecer flexibilidade a este material. Há algum tempo pesquisadores estudam os danos que podem ser causados pelo uso prolongado de utensílios plásticos que contenham ftalatos em suas composições, como copos, pratos, garrafões para água mineral e mamadeiras, que podem causar sérios danos à saúde, afetando principalmente a fertilidade e a capacidade reprodutiva. Elementos tóxicos como arsênico, cádmio, cromo, níquel e antimônio assim como elementos não tóxicos como bário, cálcio, cobalto, ferro, escândio, selênio e zinco já foram encontrados em amostras de embalagens plásticas metalizadas.5 Os autores deste trabalho, em estudos anteriores, identificaram elementos tóxicos em amostras de bonecas de PVC e látex, como chumbo, cromo e cádmio, em teores significativos".