Centro de Documentação da PJ
Analítico de Periódico

37215
GONÇALVES, Francisco Jorge
A estratégia de combate à radicalização no extremismo islâmico na Grã-Bretanha (2006-2015) / Francisco Jorge Gonçalves
Nação e Defesa, Lisboa, Nº 153 (2019), p. 189-209
(*). Resumo inserto no artigo.


JIHAD ISLÂMICA, TERRORISMO, POLÍTICA CRIMINAL, REINO UNIDO, PORTUGAL

Após o 11 de setembro diversos Estados procuraram parceiros moderados nos muçulmanos para combater o fenómeno do recrutamento para o terrorismo jihadista. Alguns governos escolheram como parceiros islamitas não violentos, pelo simples facto de (aparentemente) condenarem o terrorismo. Como tal, o presente artigo visa analisar a Estratégia de Combate à Radicalização no Extremismo Islâmico na Grã-Bretanha (2006- 2015), tendo como pano de fundo a opção de cooperação com islamistas não violentos. Para o efeito iremos comparar as diferentes opções tomadas pelo Governo Trabalhista e pelo Governo de Coligação – entre o Partido Conservador e o Partido Liberal –, efetuando uma avaliação crítica e analisando igualmente um programa de combate à radicalização (Channel). Finalmente, numa ótica de lessons learned, será analisado o combate à radicalização no extremismo islâmico em relação a Portugal.